sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Diferenças entre "meio" e "meia"

Transcrito de revistatrivial

MEIO... GRAMATICAL

(algumas trivialidades da nossa língua)

Dentro de minhas limitações tentarei explicar algumas dúvidas recorrentes em nossa complicada porém belíssima língua. Tudo, é claro, envolvendo as palavras "meia" ou "meio".

Saiba que agora é meio dia e meia. Esse "meia" é relacionado à meia hora: é meio dia mais meia hora.

Ela é meio feia. Nesse caso o "meio" é um advérbio de intensidade.

E os advérbios são uma das classes de palavras que são invariáveis, ou seja, não podem ser flexionados. No caso, você está querendo dizer que a moça é um pouco feia. Se você disser que a mulher é meia feia estará transformando a coitada na mulher-pizza: meia-feia, meia-bonita.

Mas se esse papo de mulher-pizza te deu vontade de pedir uma pizza de verdade, peça.

E se você gosta de calabresa e quatro queijos peça uma pizza meia calabresa, meia quatro queijos. Porque no caso, o "meia" adquiriu o sentido de metade. Você vai pedir uma pizza metade calabresa, metade quatro queijos. Se o entregador de pizza vier de moto, é provável que a pizza transforme-se numa pizza meio calabresa, meio quatro queijos, ou seja, depois de tantas curvas em alta velocidade não se sabe distinguir o lado calabresa do lado quatro queijos. A pizza ficou toda misturada, ficou um pouco calabresa, um pouco quatro queijos. Entendeu? Se não entendeu, vale lembrar que o preço que vale é o da mais cara, certo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário